Comunidades

icone_eletropaulo_engajamento

Organizações e indivíduos dependem da energia elétrica para o seu desenvolvimento e para o seu bem estar. Essa é a razão primordial para a existência do nosso negócio e está no centro de nosso modelo de criação de valor. Também realizamos, todos os anos, iniciativas voltadas para o desenvolvimento social e econômico das comunidades nas quais estamos presentes, cientes da nossa responsabilidade na construção de uma sociedade mais consciente e sustentável. Essas iniciativas também contribuem para o aumento do grau de satisfação e confiança junto aos nossos públicos.

Nosso relacionamento e compromissos com as comunidades são pautados pelo Sistema de Gestão de Responsabilidade Social Corporativa (SGRSC) e atendem às normas e aos padrões externos aplicáveis aos negócios da AES no Brasil, como ISO 26.000 e AA 1.000. Dessa forma, promovemos a melhoria contínua da atuação social e garantimos o alinhamento com a estratégia de negócios e com a Política de Sustentabilidade.

As iniciativas voltadas para as comunidades estão agrupadas em quatro pilares da Política de Investimento Social Privado:

  • Educação, cultura, esporte e saúde;
  • Capacitação profissional inclusiva;
  • Acesso à energia e eficiência energética; e
  • Influência social.

O sistema de avaliação é composto por indicadores de gestão das atividades, que medem o impacto sobre o público atingido e levam em consideração o investimento por projeto. Também são realizadas pesquisas de opinião junto aos beneficiados para medir o grau de satisfação e de atendimento às expectativas de cada público.

Em 2015, investimos e destinamos R$ 95,2 milhões, dos quais R$ 50,1 milhões com recursos incentivados e R$ 45,1 milhões com recursos próprios.

Meta Resultado em 2015
Educar 95 mil pessoas em 2015 e influenciar a mudança de hábito para o consumo consciente de 70% em 2015 Mais de 96 mil pessoas foram envolvidas em projetos de educação para o consumo consciente*. Das escolas participantes do AES Eletropaulo nas Escolas, 67% conseguiram reduzir o consumo de energia com as ações educacionais.

*Para o resultado de 2015 foram considerados os projetos AES Eletropaulo nas Escolas e Casa de Cultura e Cidadania. Os critérios para medição de hábito para outros projetos estão em desenvolvimento e serão aplicados em 2016.

 

Educação, cultura, esporte e saúde

Energia do Bem
O Energia do Bem é o programa de voluntariado da AES Brasil que, em 2015, envolveu 1.126 colaboradores em atividades de educação sobre o consumo eficiente e seguro da energia elétrica e em campanhas de doação. As ações beneficiaram 16.879 pessoas.

No Dia Nacional do Voluntariado, realizamos o primeiro “Dia do Energia do Bem”. Mais de cinco mil pessoas, em 30 cidades em São Paulo e no Rio Grande do Sul, foram conscientizadas sobre o consumo consciente de energia por meio de palestras realizadas por colaboradores da AES.

Casa de Cultura e Cidadania
A Casa de Cultura e Cidadania promove atividades culturais e esportivas para crianças e jovens em sete unidades, nos estados de São Paulo e do Rio Grande do Sul.

Em 2015, 960 crianças e jovens foram beneficiados diretamente pelas atividades e 44.902 atendimentos foram realizados em cursos regulares, palestras e apresentações nas unidades de São Paulo (Vila Guacuri) e Osasco.

Conheça mais detalhes sobre a Casa de Cultura e Cidadania em www.casadeculturaecidadania.com.br.

Centro Educacional Infantil Luz e Lápis
O Centro Educacional Infantil Luz e Lápis é dedicado a crianças de um a seis anos, pertencentes a famílias de baixa renda ou que vivem em situação de vulnerabilidade social, e busca contribuir com o desenvolvimento afetivo, social e cognitivo desse público.

O projeto tem mais de 25 anos de história e, em 2015, atendeu gratuitamente 234 crianças nos bairros de Santo Amaro e Guarapiranga, na Zona Sul de São Paulo.

Consumo Mais Inteligente
AES Eletropaulo nas Escolas

Entre 2009 e 2014, 1,2 milhão de pessoas de 1.914 escolas foram beneficiadas pelo AES nas Escolas a partir da formação de professores que multiplicaram dentro de sala de aula informações sobre o uso eficiente e seguro de energia elétrica. O projeto também contou com caminhões com jogos e atividades lúdicas e interativas que visitaram escolas e comunidades para testar o conhecimento e sensibilizar as pessoas sobre o tema.

Em 2015, implementamos uma nova estratégia de participação e mobilização de educadores e estudantes que passou a colocar o aluno como protagonista de ações para o consumo consciente na própria escola: os professores convidaram alunos para constituir o Núcleo de Ação para a Eficiência Energética (NAEE) da escola, com a responsabilidade de difundir uma cultura de eficiência no uso da energia e da água, tanto nas escolas quanto em suas residências.

Mais de 95 mil alunos foram impactados pelo projeto em 2015. Das 112 escolas participantes, 67% conseguiram reduzir, em média 17% do consumo de energia com as ações educacionais do projeto e 24% das escolas conseguiram a média de 25% de redução no consumo de água.

Para saber mais sobre o AES Eletropaulo nas Escolas, acesse:
http://aeseletropaulonasescolas.com.br/

Veja também o vídeo sobre a nova abordagem do projeto:

Recicle Mais, Pague Menos

O Recicle Mais, Pague Menos é uma iniciativa que oferece desconto na conta de energia elétrica para os clientes residenciais que entregam materiais recicláveis (papel, plástico, metal e vidro) nos pontos de coleta espalhados pela área de concessão.

IMG_4977_menor

O projeto contribui com o orçamento familiar dos participantes, uma vez que os clientes podem até zerar o valor da conta de luz, por meio da troca dos resíduos por bônus na conta de energia. Além disso, ao recolher e enviar para a reciclagem materiais que, se não fossem destinados adequadamente, iriam para aterros sanitários, o Recicle Mais, Pague Menos possibilita redução das emissões de gases de efeito estufa.

Em 2015, a ação ganhou ainda mais projeção devido ao aumento na tarifa de energia elétrica que impactou o orçamento familiar, tendo sido valorizada pelos clientes como alternativa para diminuição das despesas.

Destaques do projeto em 2015:

  • 38.863 novos clientes cadastrados, totalizando mais de 44 mil ao final do ano;
  • 9 pontos de coleta fixos, nas cidades de São Paulo, Barueri e Santo André – sendo 2 novos pontos inaugurados em 2015;
  • 1.542 toneladas de material reciclado coletadas;
  • R$ 205 mil de desconto na fatura de energia de 12 mil clientes;
  • 3.881 kg de CO2e em emissões evitadas;
  • 6.824 MWh-ano foram economizados, o equivalente à energia consumida por 2.274 residências com consumo de 250 KWh/mês.

O projeto foi reconhecido pelo Ministério do Meio Ambiente como uma Prática de Referência em Educação Ambiental e Comunicação Social para a Gestão de Resíduos Sólidos, tendo sido inserido no Banco de Prática EducaRES.

Ação itinerante
Além dos pontos de coleta fixos, investimos R$ 537 mil em uma unidade itinerante do Recicle Mais, Pague Menos que percorre cinco comunidades para cadastro de clientes e pesagem de resíduos. As comunidades atendidas são Jardim Júlia (Zona Sul), Americanópolis (Zona Sul), Jardim Oratório (Mauá), Filhos da Terra (Zona Norte) e Paraisópolis (Zona Sul). A ação foi iniciada em novembro de 2015 e estará em funcionamento até abril de 2016. O critério utilizado para a definição dos locais foram comunidades nas quais a inadimplência aumentou nos últimos meses de 2015.

Retorna Machine
Estabelecemos parceria com a empresa Triciclo para implantação das “Retorna Machines”, máquinas de recolhimento de garrafas PET e latinhas de alumínio disponibilizadas em locais públicos de grande circulação, por meio das quais o cliente acumula pontos e pode trocar por desconto na conta de energia elétrica.

Capacitação profissional inclusiva

Dentre os programas de capacitação profissional inclusiva destacam-se Banco de Eletricistas, Banco de Leituristas e Programa Incluir, com foco em pessoas com deficiência. Os programas têm como objetivo a capacitação profissional de pessoas para atuarem no mercado de trabalho.

Saiba mais sobre os projetos no capítulo Colaboradores.

Acesso à energia e eficiência energética

GRI G4 EC7 / EC8

Por meio do Programa de Eficiência Energética, desenvolvemos projetos para combater e evitar desperdícios de energia elétrica junto a nossos clientes, sejam eles indivíduos ou organizações. Seguindo uma determinação da ANEEL, destinamos 0,5% de nossa receita líquida anual para essa finalidade.

Meta Resultado em 2015
Ampliar acesso à energia elétrica regularizada para 183 mil famílias de comunidades de baixa renda até 2019. A regularização de ligações informais beneficiou 67 mil famílias no ano.
Contribuir para a redução de 240 mil MWh do consumo de energia elétrica dos clientes até 2019. Por meio dos projetos de eficiência energética, regularização e educação contribuímos para reduzir 40,8 mil MWh no consumo anual de energia elétrica pelos clientes.

 

Promovemos o uso eficiente da energia elétrica por meio da regularização de ligações informais em comunidades de baixa renda – no programa Transformação de Consumidores em Clientes – e de projetos educacionais com foco no consumo consciente, como o AES Eletropaulo nas Escolas e o Recicle Mais, Pague Menos.

Além disso, desenvolvemos projetos de eficiência energética em diversos usos finais como iluminação, ar condicionado, motores e melhorias na gestão de energia por parte de clientes públicos e corporativos. Especificamente para gestores da administração pública, nossas iniciativas têm como objetivo ensiná-los a realizar a gestão de energia nos prédios municipais.

Os projetos realizados em 2015 viabilizaram a economia de 40,8 GWh, o equivalente ao consumo de energia elétrica de 13,6 mil residências em um ano¹ , além de terem contribuído para evitar a emissão de 5.077tCO2e.

¹ Considera uma residência com consumo mensal de 250 kWh.

Transformação de consumidores em clientes

O programa Transformação de Consumidores em Clientes tem como objetivo principal promover o acesso regular à energia elétrica pela população de baixa renda na nossa área de concessão. Além da regularização das ligações clandestinas, o programa realiza um trabalho de educação junto à população para estimular o consumo eficiente e seguro da energia elétrica.

Em 2015, foram regularizadas 67 mil ligações, beneficiando cerca de 268 mil pessoas – um número 13,4% superior ao registrado em 2014.

Além de reduzir o consumo irregular e contribuir para o resultado financeiro da empresa, por meio da redução de perdas comerciais, o programa contribui para o uso racional de energia elétrica, uma vez que faz parte das suas atribuições o diagnóstico de situações de ineficiência energética nas residências regularizadas e ações para melhorar o consumo das famílias, como a troca de eletrodomésticos ineficientes por equipamentos mais eficientes.

Com investimentos de R$ 74,4 milhões em 2015, o Transformação de Consumidores em Clientes promoveu uma economia total de 32,92 GWh de energia elétrica.

Redução do Consumo de Energia (GWh) 2013 2014 2015
Substituição de lâmpadas 6,24 23,88 8,78
Substituição de geladeiras 1,01 2,10 1,13
Regularização 25,45 19,84 22,51
Reforma interna 0,01 0,10 0,12
Recuperador de calor 0 0 0
Aquecedor solar 2,67 0,15 0,38
Total 35,38 46,07 32,92

 

A AES Eletropaulo estuda a implantação de um projeto pioneiro de geração distribuída fotovoltaica nas comunidades localizadas em sua área de concessão. Esse projeto visa à geração e à distribuição de parte da energia elétrica utilizada nas residências das comunidades, por meio da energia solar. Nos próximos anos, nossa intenção é implementar novos projetos que promovam o desenvolvimento socioeconômico das comunidades, visando à sustentabilidade e perenidade desse processo.

Resultados acumulados desde 2004:

  • Regularização de 714.647 ligações informais em 1.706 comunidades;
  • Cerca de 2,8 milhões pessoas beneficiadas;
  • Substituição de 63.749 geladeiras e 2.405.261 lâmpadas;
  • 4.999 reformas internas;
  • 5.060 instalações de sistemas de aquecimento solar, em substituição aos chuveiros elétricos convencionais;
  • R$ 290,89 milhões de investimentos para expansão e melhoria da rede e R$ 319,13 em ações de eficiência energética.

Atuamos em parceria com prefeituras para a realização e a atualização do cadastro de famílias de baixa renda no CadÚnico do Governo Federal. Essa ação possibilita o acesso à Tarifa Social de Energia Elétrica e, eventualmente, a programas sociais do Governo Federal, contribuindo para a redução do valor das contas de energia e a para melhoria da qualidade de vida dessas famílias.

8

Gestão Energética Municipal (GEM)

Os projetos de Gestão Energética Municipal (GEM) tem o objetivo de assessorar os administradores municipais no uso eficiente de energia elétrica. A GEM permite que eles planejem e organizem as diferentes atividades do uso da energia elétrica pela Prefeitura Municipal, identificando as áreas com maior potencial de eficiência no consumo. As ações se destinam a técnicos de prefeituras, que são os responsáveis pela gestão e controle do consumo, e aos secretários e prefeitos, os responsáveis pelas decisões e pela disseminação da cultura de eficiência em seus órgãos públicos.

Em 2015, as Prefeituras de Itapevi e Cajamar alcançaram cerca de 7% de economia de energia elétrica por meio das melhorias desenvolvidas com o apoio da AES Eletropaulo implantação da Gestão Energética Municipal.

Prédios Públicos de Cotia

Em 2014, a AES Eletropaulo realizou a substituição de cerca de 3 mil pontos de iluminação em 33 prédios públicos da cidade de Cotia. A ação de eficiência energética foi realizada em parceria com a prefeitura do município e passou a gerar, ao final de 2014, uma economia de 480 MWh ao ano, equivalente a cerca de 160 residências com consumo de 250KWh/mês.

A.C. Camargo Cancer Center

O projeto de modernização dos sistemas de ar condicionado no A.C.Camargo Cancer Center (Fundação Antonio Prudente), um dos maiores centros oncológicos do mundo, entrará em pleno funcionamento em 2016 e deve proporcionar uma redução no consumo de energia elétrica de aproximadamente 2.682 MWh ao ano para o hospital – equivalente a cerca de 894 residências com consumo de 250KWh/mês. A iniciativa é fruto de uma parceria entre a AES Eletropaulo e a Fundação que, juntas, investiram R$ 8,2 milhões.

Palácio dos Bandeirantes

Em parceria com o Governo do Estado de São Paulo, implementamos um projeto de modernização dos sistemas de iluminação e a instalação de uma usina de geração de energia elétrica fotovoltaica no Palácio dos Bandeirantes, com o objetivo de aumentar o desempenho energético de suas instalações. São 1,8 mil pontos de iluminação modernizados no Palácio, e 262 painéis fotovoltaicos em uma área superior a 500m².

O projeto, que entrou em operação plena no final de 2015, proporciona as seguintes economias:

  • Sistema de iluminação: 638 MWh por ano, o que equivale a aproximadamente 212 residências com consumo de 250KWh/mês.
  • Painel fotovoltaico: 92 MWh por ano, o que equivale a aproximadamente 31 residências com consumo de 250KWh/mês.

Chamada Pública

Desde 2014, publicamos anualmente o edital da chamada pública para a seleção de projetos de eficiência energética, que visam promover o uso eficiente e racional da energia elétrica e estimular novas ideias e tecnologias. O processo possibilita a apresentação de propostas de clientes dos mais diversos ramos de atividade que compõem o mercado da AES Eletropaulo, como indústrias, comércios e serviços públicos, por exemplo. A chamada pública também oferece critérios mais rigorosos de aplicação do orçamento destinado aos projetos de eficiência energética e contribui, assim, para um processo mais isonômico de seleção.

Conheça a seguir os projetos implementados, em 2015, a partir do edital:

Polimold Industrial

Implementamos um projeto de eficiência energética na Polimold, uma indústria de porta molde em São Bernardo do Campo. Trocamos aparelhos de ar condicionado e acrescentamos, em duas unidades da fábrica, um sistema tubular que conduz a iluminação natural para dentro do ambiente que substitui a iluminação artificial quando a luz do dia é suficiente para as atividades. Além disso, realizamos reparos no sistema de ar comprimido utilizado nos processos industriais.

Com as melhorias, estima-se uma economia anual de 240 MWh ao ano no consumo de energia elétrica pela empresa a partir de 2016. O projeto resulta de parceria entre a AES Eletropaulo e a Polimold que, juntas, investiram R$ 956 mil.

 

Blue Tree Hotel

Na unidade do hotel na Avenida Faria Lima, em São Paulo, realizamos a troca de um dos equipamentos do sistema central de ar condicionado para um modelo mais eficiente. A economia anual prevista é de 642 MWh ao ano e o investimento total no projeto é de R$ 1,4 milhão entre 2015 e 2016.

Resumo dos projetos em 2015:

Nome do projeto Beneficiário Investimentos da AES Eletropaulo em 2015 (R$) Energia economizada (MWh)
Palácio dos Bandeirantes* Governo do Estado de São Paulo 624
A.C.Camargo Cancer Center Fundação Antonio Prudente R$ 2.301.300
Prédios Públicos de Cotia** Prefeitura do Município de Cotia 440
Gestão Energética Municipal Prefeituras dos Municípios de Itapevi e Cajamar R$ 90.600
Polimold Industrial Operações da indústria R$ 722.967
Blue Tree Hotel Operações do hotel R$ 680.706
Recicle Mais, Pague Menos Área de concessão da AES Eletropaulo R$ 1.564.109,91 6.824
Programa Transformação de Consumidores em Clientes Comunidades da área de concessão da AES Eletropaulo R$ 74.366.158 32.926
Total R$ 80.262.691 40.814

*Considera a economia proporcional a dez meses de funcionamento do sistema de iluminação em 2015, e doze meses do funcionamento do painel fotovoltaico.
**Considera a economia proporcional a onze meses de funcionamento do projeto em 2015.

 

Principais investimentos sociais privados em 2015

GRI G4-EC4 | G4-EC8

Clique aqui para ver o Balanço Social Ibase 2015 da AES Eletropaulo.

Conheça os principais investimentos da AES em iniciativas sociais no quadro:

Linha de atuação: educação, cultura, esporte e saúde
Projeto Descrição Área de influência Número estimado de beneficiados Recursos investidos (R$) Origem dos recursos
AES Eletropaulo nas Escolas Mobilização de educadores e estudantes em escolas para o consumo consciente de água e energia Toda a área de concessão da AES Eletropaulo 95.636 alunos e 353 professores R$ 3.003.281,79 Recursos incentivados – Programa de Eficiência Energética
Recicle Mais, Pague Menos Iniciativa que oferece desconto na conta de energia elétrica para os clientes residenciais que entregam materiais recicláveis nos pontos de coleta Toda a área de concessão da AES Eletropaulo 44.072 clientes cadastrados R$ 1.564.109,91 R$ 447.217,05 de recursos próprios e R$ 1.116.892,86 de Recursos incentivados – Programa de Eficiência Energética
Viva sem Acidentes Campanhas de segurança para a população, com foco na conscientização sobre os riscos ligados à rede elétrica Toda a área de concessão da AES Eletropaulo Indeterminado R$ 1.054.600,00 R$ 754.650 de recursos próprios e R$ 300.000,00 de Recursos incentivados – Programa de Eficiência Energética
Campanhas de Consumo Consciente Campanhas conscientização n para o uso eficiente da energia elétrica Toda a área de concessão da AES Eletropaulo Indeterminado R$ 1.500.000,00 Recursos incentivados – Programa de Eficiência Energética
Casa de Cultura e Cidadania A Casa de Cultura e Cidadania tem como objetivo transformar a realidade de milhares de crianças, jovens e adultos por meio de atividades voltadas a arte, cultura, cidadania e qualidade de vida, principalmente para as comunidades de baixa renda São Paulo (Vila Guacuri) e Osasco 960 crianças e jovens beneficiados diretamente e 44.902 atendimentos em cursos regulares, palestras e apresentações R$ 690.000,00 Recursos próprios
Centro Educacional Infantil Luz e Lápis Com o título de Organização da Sociedade Civil de Interesse Público (Oscip), atende crianças, de 1 a 6 anos, de famílias de baixa renda ou em situação de risco social Duas unidades, Santo Amaro e Guarapiranga, ambas na região Sul da cidade de São Paulo 234 crianças R$ 2.484.662,29 Recursos próprios
Energia do Bem Programa de voluntariado da AES Brasil Aplicável a todas as unidades da AES Eletropaulo 1.126 colaboradores envolvidos
16.879 beneficiados
R$ 75.385,00 Recursos próprios
Conselhos Municipais dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA) Apoio a projetos sociais escolhidos pelos CMDCAs, diagnóstico social e capacitação dos membros dos Conselhos Juquitiba e Embu das Artes O número de beneficiados será definido em 2016 a partir da execução dos projetos. R$ 332.033,09 Recursos Incentivados – FUMCAD (Fundo Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente)
É Proibido Miar Apresentação teatral que discute preconceitos e diferenças São Paulo, Santo André, Diadema e Barueri 4,3 mil pessoas R$ 31.670,59 Recursos Incentivados – Programa de Ação Cultural
Nona Sinfonia de Beethoven – Orquestra Acadêmica de São Paulo Apresentação musical com coral e orquestra São Paulo 5,2 mil pessoas R$ 223.168,11 Recursos Incentivados – Programa de Ação Cultural
Reciclo Musical Evento cultural com diversas apresentações que discutem sustentabilidade São Paulo 17 mil pessoas R$ 80.070,70 Recursos Incentivados – Programa de Ação Cultural
1ª Mostra Anual de Teatro Infantil Sustentável – Matis Mostra de Teatro Infantil na qual são apresentados temas sobre sustentabilidade São Paulo 3 mil pessoas R$169.929,30 Recursos Incentivados – Programa de Ação Cultural
Eco Biblioteca – Gira Gira Instalação de bibliotecas com um acervo de 300 livros São Paulo 2 mil pessoas R$ 249.100,00 Recursos Incentivados – Programa de Ação Cultural
Museu da Pessoa Vídeos com depoimentos sobre a utilização de energia em São Paulo São Paulo 1,8 mil pessoas R$ 200.000,00 Recursos Incentivados – Programa de Ação Cultural
Festival Cultivar Evento de valorização e reconhecimento sobre o meio ambiente São Paulo 15 mil pessoas R$ 150.000,00 Recursos Incentivados – Programa de Ação Cultural
Doutores da Alegria Intervenção em sete Hospitais de São Paulo São Paulo 1 milhão de pessoas R$ 171.502,90 Recursos Incentivados – Programa de Ação Cultural
A Energia da Cidade Documentário sobre a cidade de São Paulo em 3D São Paulo Mil pessoas R$ 195.297,35 Recursos Incentivados – Programa de Ação Cultural
Circuito de Corrida de Rua e Caminhada Circuito de 4 etapas de corrida e caminhada São Bernardo do Campo 4,8 mil pessoas R$ 313.954,00 Recursos incentivados – Programa de Incentivo ao Esporte
Circuito Paulista de Basquete 3×3 Circuito de 4 etapas de basquete 3×3 São Caetano, Jandira, Mauá e São Paulo. 1,3 mil pessoas R$ 558.413,60 Recursos incentivados – Programa de Incentivo ao Esporte
Circuito Nossas Cidades Corrida e caminhada de rua Barueri 1,2 mil pessoas R$ 195.297,35 Recursos incentivados – Programa de Incentivo ao Esporte
Ameaças no Céu Documentário sobre impactos do clima no setor elétrico São Paulo 1 milhão de pessoas R$ 350.000,00 Lei Audiovisual
Astros no Gelo II Espetáculo musical com atletas e ex-atletas do gelo São Paulo 15 mil pessoas R$ 182.047,69 Lei Rouanet
32ª Bienal Exposição de arte contemporânea São Paulo 500 mil visitantes R$ 200.000,00 Lei Rouanet
Exposição Rio Tietê Exposição de obras artísticas sobre o Rio Tietê São Paulo 30 mil pessoas R$ 200.000,00 Lei Rouanet
Toca Direito Espetáculo de Teatro Musical com temas relacionados a sustentabilidade São Paulo 5,6 mil pessoas R$ 200.000,00 Lei Rouanet
Night Run Twist Corrida de rua de 10km São Paulo e São Caetano do Sul 30 mil pessoas R$ 332.033,09 Lei do Esporte
Reabilitação e Fisioterapia Neurológica Ampliação do setor de Fisioterapia da APAE Santo André Santo André 14 mil pessoas R$ 300.000,00 Programa Nacional de Apoio à Atenção à Saúde da Pessoa com Deficiência (PRONAS)
Fundo do Idoso Apoio a projetos sociais inscritos, de acordo com as prioridades e normas estabelecidas pelo Conselho Vargem Grande Paulista O número de beneficiados será definido em 2016 a partir da execução dos projetos R$ 332.033,09 Recursos Incentivados – Fundo do Idoso
Linha de atuação: capacitação profissional inclusiva
Projeto Descrição Área de influência Número estimado de beneficiados Recursos investidos (R$) Origem dos recursos
Banco de Eletricistas Recrutamento, seleção e capacitação de pessoas para o quadro próprio de colaboradores da AES Eletropaulo e para suas parceiras contratadas, atendendo à demanda por profissionais no setor. Toda a área de concessão da AES Eletropaulo 900 pessoas R$ 2.700.000,00 Recursos próprios
Banco de Leituristas Recrutamento, seleção e capacitação de pessoas para o quadro próprio de colaboradores da AES Eletropaulo e para suas parceiras contratadas, atendendo à demanda por profissionais no setor. Toda a área de concessão da AES Eletropaulo 200 pessoas R$ 600.000,00 Recursos próprios
Capacitação de pessoas com deficiência (PCDs) Capacitação de PCDs pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI) São Paulo 50 pessoas R$ 101.716,00 Recursos próprios
Linha de atuação: acesso à energia e eficiência energética
Projeto Descrição Área de influência Número estimado de beneficiados Recursos investidos (R$) Origem dos recursos
Transformação de Consumidores em Clientes Promove o acesso regular à energia elétrica, visando ao fornecimento seguro e confiável para todos, contribuindo para o bem-estar das pessoas das comunidades de baixa renda Toda a área de concessão da AES Eletropaulo 67 mil famílias e cerca de 268 mil pessoas R$ 74.366.158,10 R$ 37,1 milhões com recursos próprios e R$ 37,2 milhões com recursos incentivados pelo Programa de Eficiência Energética
Iniciativas de eficiência energética Voltado aos grandes consumidores de energia, tem como principal objetivo a substituição de equipamentos por modelos mais eficientes Toda a área de concessão da AES Eletropaulo Indeterminado R$ 3.795.573,00 Recursos incentivados – Programa de Eficiência Energética
Linha de atuação: influência social
Projeto Descrição Área de influência Número estimado de beneficiados Recursos investidos (R$) Origem dos recursos
Plataforma Liderança Sustentável Movimento que reúne as histórias de 50 líderes empresariais com o objetivo de conectar, inspirar e educar jovens líderes para os valores da sustentabilidade. Brasil Indeterminado R$ 75.000,00 Recursos próprios
Fundação Abrinq Organização sem fins lucrativos que tem como missão promover a defesa dos direitos e o exercício da cidadania de crianças e adolescentes Brasil Indeterminado R$ 12.852,00 Recursos próprios
Iniciativas empresariais do GVces – Fundação Getulio Vargas Projetos do Centro de Estudos em Sustentabilidade que atuam na dimensão da oferta da economia e que reúnem empresas para dialogar e coconstruir ferramentas, soluções, estratégias e políticas relacionadas em prol do desenvolvimento sustentável Brasil Indeterminado R$ 15.000,00 Recursos próprios