Fornecedores

icone_eletropaulo_engajamento

Fornecedores são nossos parceiros de negócio e um público fundamental para atingirmos resultados estratégicos com sustentabilidade. A cada ano, realizamos avanços em nossas iniciativas de avaliação, desenvolvimento, relacionamento, valorização e comunicação com a cadeia de suprimentos, visando ganhos compartilhados.

Perfil dos fornecedores da AES Eletropaulo em 2015

GRI G4-12

  • Mantivemos relacionamento comercial com aproximadamente 1.600 fornecedores, entre eles empresas de pequeno, médio e grande porte, nacionais e multinacionais, fabricantes de produtos e prestadores de serviços.
  • Cerca de 84% da base de fornecedores ativos da AES Eletropaulo é composta de fornecedores e prestadores de serviços regionais.
  • Aproximadamente 59% do valor destinado a fornecedores é pago a empresas que prestam serviços no sistema elétrico de potência (SEP) – construção, manutenção, poda de árvores – e fornecedores de materiais aplicados na rede aérea e subterrânea.
  • Formalizamos contratos com onze fornecedores para prestação de serviços no SEP, totalizando mais de R$ 1 bilhão em um período de cinco anos.

Parcerias Sustentáveis

O programa reúne a gestão de todas as iniciativas desenvolvidas junto aos fornecedores da AES Brasil, visando à formação e ao fortalecimento de relacionamentos saudáveis e duradouros com essas empresas.

Avaliação: Índice de Desempenho do Fornecedor (IDF)

A principal ferramenta para a gestão de nossos fornecedores é o Índice de Desempenho do Fornecedor (IDF), que reúne um conjunto de critérios técnicos e socioambientais avaliados mensalmente pelos gestores de contrato.

Também são realizadas inspeções técnicas, ambientais e de segurança, realizadas periodicamente com o objetivo de auxiliar a companhia a se antecipar aos riscos operacionais, de imagem e reputação, que podem vir a ser causados por uma eventual postura inadequada dos fornecedores.

A partir dessas informações, é gerada uma nota final, que serve de referência para os gestores de contrato definirem planos de melhoria e desenvolvimento para as empresas parceiras nos casos de desempenho abaixo do esperado. Os melhores desempenhos são reconhecidos no final de cada ano, em evento, com o Prêmio Melhores Fornecedores da AES Brasil.

Meta Resultado em 2015
Ter 80% dos fornecedores com IDF igual ou acima de 75 até 2019 73% dos fornecedores da AES Eletropaulo registraram IDF igual ou acima de 75 (de um total de 100). 


Desde 2011, quando começaram as avaliações, a nota média dos fornecedores no IDF aumentou em mais de 4%.

Comitês Internos de Fornecedores se reúnem trimestralmente para analisar as informações acerca dos fornecedores e tomar decisões sobre casos mais críticos.

Critérios de avaliação do IDF:

Sociais Segurança Ambientais Operacionais
Direitos trabalhistas Prevenção de acidentes Adequação da infraestrutura Sistema de gestão
Ética e compliance Saúde do trabalhador Controle de produtos químicos Capacidade de produção
Ambiente e qualidade de vida no trabalho Processo produtivo Sistema de controle da poluição Ensaios técnicos
Gestão de pessoas Gerenciamento de emergências Licenças e permissões ambientais Infraestrutura
  Riscos do ambiente de trabalho Passivos ambientais  


Desenvolvimento

Também realizamos ações de apoio e desenvolvimento aos fornecedores. Em 2015, três eventos reuniram 102 fornecedores da AES:

  • Painel de diálogo com as empresas vencedoras do Prêmio Melhores Fornecedores AES Brasil, em 2014: encontro promovido para troca de conhecimentos sobre o panorama do setor elétrico, estratégia da AES e boas práticas das empresas parceiras.
  • Workshop específico com as empresas prestadoras de serviços de sistema elétrico de potência. No encontro, a AES e seus parceiros definiram algumas ações de desenvolvimento com o objetivo de reduzirem riscos e impactos sociais e ambientais em suas operações.
Prêmio Melhores Fornecedores AES Brasil

Anualmente, reconhecemos as melhores práticas dos fornecedores, considerando os critérios 
de segurança, meio ambiente, responsabilidade social, qualidade, gestão, produtividade, 
relacionamento e cláusulas contratuais, com base no IDF. No mesmo evento também são 
reconhecidas as melhores práticas de sustentabilidade e de inovação. Em 2015, promovemos 
a quinta edição do Prêmio Melhores Fornecedores e reconhecemos as 16 empresas que, durante 
o ano, mais se destacaram entre os parceiros que contribuem para garantir a excelência no 
nosso serviço de geração e distribuição de energia elétrica. Clique aqui e confira os 
vencedores de 2015.

Pesquisa com fornecedores

Em 2015, realizamos uma pesquisa online com mais de 148 fornecedores da AES sobre as percepções e demandas dessas empresas no relacionamento comercial.

  • 88,5% dos respondentes concordam que a AES é transparente no relacionamento com seus fornecedores;
  • 85,1% responderam que a AES ajuda em seu desenvolvimento;
  • Mais da metade dos respondentes avalia o processo de contratação da AES como “bom”.

Comunicação

  • Publicação trimestral por email: criada para promover mais transparência e equidade à relação com nossos fornecedores, a publicação leva temas relevantes para esse público, como oportunidades de desenvolvimento, mudanças nas políticas de fornecedores da AES Eletropaulo e informações sobre a estratégia da AES. O conteúdo se baseia nos resultados da pesquisa realizada junto aos fornecedores em 2015 e é enviado a 100% da base de fornecedores.
  • E-mail exclusivo: o endereço parceriassutentaveis@aes.com foi criado para facilitar a comunicação direta entre a AES Eletropaulo e as empresas contratadas.
  • Portal online: em 2015, foi lançada nova versão do portal para fornecedores, que permite mais interatividade entre os gestores de contratos da AES Eletropaulo e as empresas contratadas. No novo site é possível consultar indicadores, séries históricas, gráficos e informações de interesse dos fornecedores.

AES Serviços

Desde 2014, a AES Serviços se consolidou como um parceiro relevante na cadeia de suprimentos da AES Eletropaulo, tendo assumido atividades de atendimento presencial (em lojas) e serviços de campo (serviços técnicos comerciais – corte, religa, combate a perdas – e substituição de postes). Essa mudança permite ganhos de eficiência, maior alinhamento estratégico e redução de custos para a AES Eletropaulo.

A AES Serviços prestou serviços à AES Eletropaulo no valor de R$ 36 milhões, em 2015, cerca de 51% a mais do que em 2014.

Gestão de riscos na cadeia de fornecedores

Em 2015, a AES passou a analisar a situação econômico-financeira dos fornecedores atuais e potenciais por meio de um novo relatório anual. Os resultados apoiam o gerenciamento de riscos na cadeia de suprimentos e permite a ação conjunta e preventiva em situações críticas, além de evitar que a parceria seja encerrada. A empresa Datarisk Global recebe as informações necessárias dos fornecedores da AES, garantindo seu sigilo. Os resultados são apurados e disponibilizados para cada fornecedor.

A AES também possui medidas de combate à violação de direitos humanos, como o trabalho infantil e análogo ao escravo. Além de inserirmos cláusulas nos contratos que contemplam o tema, consultamos a última “Lista Suja” do Ministério do Trabalho (cadastro de exploradores de mão de obra análoga à de escravo), divulgada em 2014, a fim de nos certificarmos de que os fornecedores não foram listados, além do Cadastro Nacional de Empresas Inidôneas e Suspensas (CEIS) via Portal da Transparência da Controladoria Geral da União.

Anualmente, mapeamos as regiões com maior incidência de trabalho infantil e enviamos um comunicado pedindo especial atenção aos fornecedores baseados nessas localidades, para que verifiquem as operações de sua empresa e sua cadeia de valor.

Também realizamos ações de conscientização, tratando do tema em eventos, enviando comunicados de orientação e solicitando declarações de que eles não adotam essa prática.

Saiba mais:

– Capítulo Governança Corporativa: ações da AES ligadas a compliance contratual junto a potenciais parceiros de negócios, prestadores de serviços ou fornecedores.
– Declaração de Compromissos em Direitos Humanos, divulgada em 2015, com princípios que contemplam a cadeia de suprimentos da AES.